Home » Ressonância Magnética

Segurança em Ressonância Magnética por Rodrigo Pigozzi

7 fevereiro 2012 48.433 visualizações 64 Comentários

Após sua descoberta, a Ressonância Magnética se tornou o método mais importante e altamente eficaz para o estudo patológico das articulações, medula espinhal e estruturas do encéfalo.
Ainda hoje algumas pessoas se referem a esta aplicação de diagnóstico, classificando-a, como Ressonância Magnética “Nuclear”, porém, o termo “nuclear” foi extinto por gerar associação à radioatividade, o que não procede neste método de diagnóstico por imagem, pois a Ressonância Magnética é um fenômeno físico de troca de energias entre forças periódicas e corpos animados por movimentos. A Ressonância Magnética aplicada ao diagnóstico por imagem utiliza-se dos núcleos dos átomos de hidrogênio que trocam energias com ondas eletromagnéticas aplicadas por pulsos de radiofrequência.
Após a retirada do termo nuclear a Ressonância Magnética teve uma maior aceitação pelo mercado de diagnóstico por imagem.
A Ressonância Magnética faz utilização de um forte Campo magnético (Bo) e pulsos de ondas Radiofrequencia (RF). Muito diferente dos raios-X, suas imagens são obtidas colocando-se o paciente sob a ação de um Bo constante; certos átomos do corpo como o hidrogênio alinham-se e movem-se na mesma direção do Bo, assim, quando ondas de rádio trafegam e interagem com o corpo, os átomos de hidrogênio liberam um sinal. Este sinal será base para a formação de imagem em RM.
Embora, a ressonância magnética não faça utilização de radiações ionizantes uma série de minuciosos cuidados deverão ser tomados para garantir a integridade do profissional, de seus colegas e dos pacientes que se submeterão ao exame.

Suscetibilidade magnética
Em presença de um Bo, cada material responderá de acordo com as propriedades constituintes de seus átomos e moléculas, bem como das interações entre eles. Certos materiais apresentam uma maior resposta ao Bo.
Os materiais magnéticos podem ser classificados em três grupos, sendo eles os materiais:
•    Diamagnéticos: não são atraídos por imãs. Quando na presença de um Bo, seus elétrons são orientados no sentido oposto ao sentido do campo;
•    Paramagnéticos: esses materiais na presença de um Bo irão se alinhar ao mesmo, sendo levemente atraídos;
•    Ferromagnéticos: são materiais que, quando em contato com Bo, são fortemente atraídos e imantados, ou seja, cria-se um dipolo magnético em torno desse material.
O magnetismo gerado em uma sala de Ressonância Magnética se comporta de forma análoga a um imã. Linhas imaginárias de força circundam todo o equipamento com alta intensidade no centro, para onde as linhas se dirigem, e menor intensidade à medida que se aumenta a distância do magneto. Embora não possa ser visto nem sentido, o Bo está sempre presente na sala de Ressonância Magnética, por isso o cuidado em uma sala de Ressonância Magnética deve ser constante.

A figura acima representa o esquema de poder de atração do Bo. Na região demarcada pela linha verde não há força de atração ou repulsão de determinado objeto suscetível ao Bo. A partir deste limite, se andarmos em direção ao equipamento, o mesmo terá quatro vezes mais força de atração. Assim sendo, se essa distância for duas vezes menor a intensidade de atração aumentará para dezesseis vezes mais.
A intensidade do Bo magnético pode fazer com que materiais ferromagnéticos se desloquem pelo ar como projéteis, tornando-se uma ameaça para qualquer pessoa que estiver próxima ao Bo. Devido a este perigo em potencial nenhum indivíduo deve adentrar a sala de exames portando objetos metálicos.
No caso de prótese metálica, se faz necessário a identificação do tipo e marca para mensurar se é viável a realização do exame; a indagação sobre a existência de prótese metálica deve ser realizada no momento do agendamento do exame.
Caso haja suspeita de fragmentos metálicos presentes no corpo do paciente, deve-se realizar um exame de raios-X para identificar a existência ou não de tais fragmentos antes de submeter o paciente ao exame de Ressonância Magnética.

Cadeiras de rodas, macas e todos os objetos que adentrem a sala de exames por Ressonância Magnética devem ser compostos de alumínio para evitar acidentes.
A potência do Bo também pode danificar dispositivos sensíveis ao magnetismo como relógios, cartões magnéticos e marca-passos, causando aos mesmos um funcionamento inadequado, logo, um paciente portador de marca-passo não pode ser submetido a um exame de Ressonância Magnética.
Avisos devem ser colocados em lugares de fácil visualização, com o objetivo de alertar pacientes e funcionários sobre alguns objetos de uso comum que jamais devem ser levados para o interior da sala de Ressonância Magnética.
                                                                                                                                                             Fig. 2 – Sinalizações presentes em uma sala de Ressonância Magnética

Os símbolos demonstram as sinalizações utilizadas em uma sala de Ressonância Magnética, onde: (a) informa que há presença de um Bo no local; (b) indica que ondas de RF são utilizadas dentro da sala; (c) alerta pacientes portadores de marca-passo sobre sua restrição à sala de Ressonância Magnética; (d) indica que está vedada a entrada de objetos metálicos na sala de exames; (e) restringe a entrada de pacientes portadores de próteses metálicas; (f) é interditada a entrada de pacientes com cartão magnético; (g) sinaliza que é proibida a entrada com relógio e outros adornos dentro da sala de exames.
Outro cuidado se dá pelo controle de RF, para que o equipamento possa controlar com precisão a absorção de RF, torna-se necessário informar o peso correto do paciente no momento de registro de dados, para que não seja emitido um excesso de pulso de RF, o que resultará em queimaduras no corpo do paciente que for submetido ao exame. Essa dose de absorção de RF é medida em watts por quilograma, sendo a taxa de absorção denominada razão de absorção específica (SAR-Specific Absorption Rate).

Quenching
É um dispositivo de segurança que induzirá a perda súbita do Bo gerado pela liberação dos criogênios que, por sua vez, baixará este Bo, tornando possível a retirada de algum objeto que pode ter sido atraído por acidente. Esse processo funciona com a liberação dos gases que estão em contato com as bobinas supercondutoras. Isso fará com que a energia do magneto seja dissipada e, assim, as bobinas do mesmo deixam de ser supercondutoras e passam a ser bobinas de resistência. Este processo pode acontecer por acidente ou por indução manual no caso de emergência.
A liberação dos criogênios provocará um aumento da pressão dentro da sala, podendo inviabilizar a abertura da porta e ainda causar sufocamento nas pessoas que estejam na sala.

Contra-indicações
As contra-indicações em Ressonância magnéticas estão divididas em contra-indicações relativas e absolutas.
As contra-indicações relativas se caracterizam pela inviabilização do exame apenas por um período, seja para recuperação ou para remoção/substituição de um determinado material por outro material não magnetizável.
•    Fragmentos metálicos;
•    Implante dentário;
•    Piercing;
•    Tatuagem.
Contra-indicações absolutas impedem a realização do exame, devido o risco que apresenta ao paciente.
•    Clipe de aneurisma;
•    Marca-passo;
•    Gravidez até o terceiro mês.

Autor: Rodrigo Pigozzi

 



64 Comentários »

  • Rui Barbosa disse:

    Excelente artigo.
    Gostaria de saber a possibilidade de repassar este artigo para amigos professores.
    Grato
    Rui Barbosa

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Rui,
    Obrigado por suas palavras, palavras essas responsáveis pela motivação de toda a Equipe do Grupo Playmagem.

    Abraços

  • jose maria bezerra do bonfim disse:

    Sou engenheiro clinico , resido no ceara e executo montagens em salas de tomografia , raios-x, mamografia , densitometria e hemodinamica. gostaria se possivel enviar-me um projeto basico de sala de ressonancia magnetica. Ficarei muito grato.

  • jose maria bezerra do bonfim disse:

    gostei muito deste trabalho, parabens.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Amigo José Maria,
    Muito nos honra a vossa visita ao nosso site. Infelzmente não encontrei nada tão específico quanto a sua solicitação, porém, veja se algum destes links lhe ajuda:

    http://www.athosmed.com.br/pdf/caderno_de_projetos.pdf

    http://jcradiologia.no.comunidades.net/index.php?pagina=1156592538

    http://bagarai.com.br/projeto-especial-da-sala-de-ressonancia-magnetica-valoriza-dialogo-entre-tecnologia-e-relacoes-humanas.html

    Espero ter ajudado.

    Grande Abraço do amigo aqui de São Paulo

  • marcelo almeida morais disse:

    apos exposiçao a um exame de ressonancia magnetica, deve-se evitar contacto fisico com filhos e ou esposa? fazer o filho dormir, dormir abraçado com a esposa, beija-la etc…. no aguardo, obrigado.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Prezado Marcelo,
    lhe enviamos a resposta via e-mail.
    Abraços

  • Eraldo disse:

    Tenho alguns peguenos fragmentos de chumbo(5) na medula e gostaria de saber se isso atrapalharia a realização de RM…

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Eraldo,
    Infelizmente por conta desses fragmentos você fica impossibilitado de realizar o exame :(

  • luiz antonio disse:

    obrigado pela informaçao mas preciso saber sobre limite do gas helio e quais complicacao sobre aparelhos de rm com baixa porcentagem do gas helio.

  • Kamilla disse:

    Meu pai quebrou o fêmur em 1990 e colocaram platina, parafusos e tudo mais. O médico ortopedista prescreveu uma RM do fêmur e quadril dele. Tá certo isso? Essa condição não o coloca na situação de contraindicação absoluta?

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Kamilla, bom dia!
    A ressonância magnética (RM) é um exame muito importante para auxiliar o diagnóstico de várias doenças. Ajuda a identificar tumores em estágio inicial, lesões em órgãos internos e muitas outras situações. Como não utiliza elementos radioativos, como o raio-X, não é prejudicial à saúde. Porém, a ressonância nuclear magnética, como também é chamada, tem algumas contra-indicações ou situações que precisam de cuidado:

    * Alguns tipos de cirurgia recente (nos últimos seis meses)
    * Implante metálico (dispositivo intra-uterino – DIU, válvula cardíaca, placa, pino, parafuso, stent, clip de aneurisma cerebral, estilhaço metálico no corpo, piercing, prótese metálica, aparelho ortodôntico)
    * Implante eletrônico (marca-passo cardíaco, neuro-estimulador, implante coclear
    * Suspeita de gravidez
    * Alergia (devido à sedação, se necessária)
    * Claustrofobia (medo de lugares fechados)
    * Maquiagem definitiva ou tatuagem recente (nos últimos três meses)

    O exame é contra-indicado para quem tem alguns tipos de implantes metálicos devido ao grande magnetismo durante o exame. A atração entre o ímã da RM e o metal pode causar um incômodo ou até mesmo uma lesão, se o metal estiver na região a ser examinada. Somente o médico poderá avaliar se seu implante o impede ou não de passar pelo exame.

    Já para quem tem implante eletrônico, o maior risco é a desprogramação deles, causada também pelo campo magnético. O marcapasso, por exemplo, pode ter ser reprogramado com os parâmetros iniciais, perdendo as configurações (como sensibilidade e frequência cardíaca mínima e máxima) ideais para o paciente. Nesse caso, o exame é contra-indicado; quem tem marca-passo, neuro-estimulador ou implante coclear não pode fazer ressonância magnética, a não ser em raras exceções, dependendo da área a ser examinada, e também conforme decisão do médico.

    Portanto, se algum médico lhe solicitar um exame de ressonância magnética, não esqueça de informá-lo sobre qualquer uma dessas situações.

    Veja este vídeo para entender a força da atração magnética do aparelho de RM:

    http://www.youtube.com/watch?v=lEJ2notNLo0

    Um cilindro de oxigênio é colocado próximo ao aparelho, sendo atraído de forma potente por ele.

    Você pode ver outros vídeos nesse post sobre o ímã da ressonância magnética.

    Fonte: renatapinheiro.com

  • Marlene A de F Estrada disse:

    Por favor, gostaria de saber se posso submeter-me a uma Ressonância Magnética: pois;

    possuo em meu corpo, na área do abdomem uns 15 chumbos, devido ter sido baleada com uma cartucheira quando tinha 17 anos, hoje estou com 45 anos.
    Também fiz uma cirurgia, retirando a vesícula, a qual possuo um grampo.

    desde já agradeço.

  • Marlene A de F Estrada disse:

    conf. assunto acima.

    a Ressonância Magnética será no Crânio – devido a Cefaleia crônica.

  • vitor r. rodrigues disse:

    eu foi submetido a um implante no ante braço com a colocação de duas placas de inox e 12 parafuso do mesmo material, eu preciso fazer uma ressonância magnética, tem algum empecilho.

  • vitor r. rodrigues disse:

    a ressonância será no pescoço devido ao aparecimento de modulos

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Vitor,
    Em resposta ao seu questionamento sobre exame de Ressonância Magnética:

    CONTRA-INDICAÇÕES

    As seguintes condições e materiais contra-indicam a realização do exame de ressonância magnética:

    Clipes de aneurisma (verificar com o cirurgião o material utilizado e quando foi feita a colocação do mesmo, em alguns casos não inviabiliza a realização do exame)
    Implantes e aparelhos oculares (exceto lentes intra-oculares para catarata)
    Implantes de ouvido (cocleares)
    Marca-passo cardíaco
    Fixadores ortopédicos externos
    Gestantes com menos de 12 semanas de gestação (contra-indicação relativa)

    As seguintes condições e materiais são permitidos para a realização do exame de ressonância magnética:

    Clipes utilizados em cirurgias de vesícula biliar
    Próteses valvares cardíacas (mesmo as metálicas)
    Implantes ortopédicos, como próteses, pinos, parafusos e hastes (exceto os fixadores externos)
    Derivação ventriculoperitoneal
    Dispositivo intra-uterino (DIU)
    Stents intravasculares (por exemplo: stent coronariano) são permitidos para a realização do exame somente após 8 (oito) semanas de sua colocação.

  • paulo disse:

    Olá, tenho uma ressonância marcada para o dia 17-07-13 neste dia fara um mês que fiz cirurgia de lca (ligamento cruzado anterior) joelho direito, preciso de uma ressonância no joelho esquerdo e na coluna meu médico que fez a cirurgia falou que não tem problemas e na cirurgia foi colocado um parafuso não sei de que material mais estou um pouco desconfiado do médico após ler seu artigo vc acha seguro eu realizar essa ressonância.
    Grato.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Paulo, bom dia!

    Recomendo que, antes de iniciar o exame você peça para falar com o Médico Radiologista, ele sim é o especialista que poderá lhe dizer se é viável ou não realizar o exame.

    Abraço

  • noemia disse:

    OLA GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM PROBLEMA TER FEITO RESTAURAÇÃO NO DENTE COM AMALGAMA DE PRATA E FAZER UMA RESSONANCIA CERVICAL DA COLUNA / MUITO OBRIGADA.

  • Antonio disse:

    Olá, descobri á pouco tempo que tenho uma broca no fémur, que partiu durante uma cirurgia aos ligamentos cruzados ( à cerca de 20 anos). Queria saber se posso fazer ressonância magnética á zona lombar, ou se à consequências. Obrigado.

  • Alessandra disse:

    Boa noite, André!
    Sou estudante de Biomedicina e quero elaborar um TCC sobre a segurança do paciente na sala de Ressonância Magnética mas, não consigo encontrar artigos científicos falando sobre isso e vou precisar de, pelo menos, 8 artigos. Você saberia me indicar onde consigo encontra-los? Muito obrigado!

  • Jose Osmar disse:

    Boa noite Andre!!
    Fiz uma Artrodese lombar a 1 mês queria saber se existe restrição em fazer uma Ressonância magnética,apos uma cirurgia tão recente.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá José Osmar,
    lhe respondi via e-mail.
    Abraços

  • Augusto disse:

    Boa tarde, André.

    Gostaria de saber qual é o intervalo de tempo seguro para realização de ressonância magnética.

    Realizei já 2 exames este ano:

    - RM de coluna cervical no início do ano;
    - RM de atm em 29/06/13

    E agora, devido a continuar com dores constantes de cabeça, estou para fazer uma nova RM para afastar qualquer suspeita.

    Preciso saber se há algum risco de exposição.

    Muito obrigado, aguardo uma resposta.

  • Paulo disse:

    boa noite tenho um hástia de platina no fêmur ja faz 8 anos e precisei fazer um ressonância no joelho da mesma perna tem algum problema, informei o caso ao pessoal de onde fiz ele disse que podia fazer, será que pode vir ater algum problema na cirurgia? obrigado

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Augusto, bom dia!
    Resposta enviada via e-mail.

    Abraços

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Prezado Paulo,
    Sugiro que, antes de realizar o exame, peça para falar com o médico radiologista, ele sim está capacitado a lhe responder com precisão.

    Abraços

  • maria cristina moreira disse:

    Bom dia!
    Preciso de uma informação correta quanto a se pode fazer a ressonância quem usa clips metálicos e também se pode passar em portas magnéticas em Bancos. Na época que meu filho colocou clipes entre o coração e pulmão (1991)era criança e quase não havia informação a respeito, pois estava iniciando esse tipo de exame, aqui no Brasil.
    Att.
    Grata
    M. Cristina

  • Clebia disse:

    Boa tarde, Andre!
    Gostaria de saber se há possibilidade de me encaminhar algum material sobre cuidados com pacientes na sala de ressonância.
    Trabalho em centro cirúrgico e no meu hospital será inaugurado uma sala híbrida, onde teremos uma sala de cirurgia funcionando simuntaneamente à sala de ressonãncia (inédito no Brasil).
    O paciente passará (em uma maca especial)da sala de cirurgia, para a sala de exames. Lembrando que somos um hospital de neurocirurgia (somente cabeça).
    Como pode me ajudar?
    Vc oferece serviço de consultoria?
    Att.
    Clebia/RJ

  • Durval disse:

    Gostaria de saber se posso filmar com uma filmadora digital profissional o procedimento da porta da sala da ressonância (aproximadamente 2 metros de distância da máquina). Vi num artigo que os equipamentos devem ser presos e que o magnetismo produzirá mal funcionamento na filmadora que custa mais de R$20.000

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Maria Cristina,
    Lhe respondemos via e-mail.

    Grato

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Clebia,

    Respondemos via e-mail, por favor, verifique o seu correio eletrônico.

    Em casos de dúvida, permanecemos a sua disposição.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Durval,
    Não tente realizar esse procedimento, pois do contrário você irá perder a sua filmadora.
    Também sou cinegrafista e sei bem o que estou lhe dizendo, o campo magnética poderá arrancar a filmadora da sua mão e atrair para o magneto.
    Como alternativa, você poderá filmar de dentro da sala de comando, fazendo uso do vidro plumbífero, é claro que o resultado não será dos melhores.

  • Ana Paula Lima de Souza disse:

    minha filha fez uma cirurgia a 03 anos no femur esquerdo e colocou tres parafusos ,o medico ortopedista solicitou uma ressonancia do joelho direito ,ela realizou e esta sentindo muitas dores no local da cirurgia irradiando para o joelho esquerdo ,por favor me diz o que faço ,se ocorreu algum problema no ato do exame ,o que devo fazer ,estou desesperada !

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Ana Paula, bom dia!
    Enviamos a resposta ao seu e-mail e, desejamos melhoras a sua filha.

  • Bel disse:

    Bom dia,

    Dia 23/12/13 fiz uma ressonância do joelho,onde me perguntaram varias coisas inclusive se eu estava grávida: respondi q não pois não estava atrasada. A ressonancia era do joelho porem entrei no tubo ate o peito.
    Dia 10/01/14 descobri q estou gravida e posso ter feito a ressonancia ja gravida. Passei pelo ortopedista e ele me garantiu q não tem problema nenhum pois a ressonancia foi do joelho. Passei no hospital e a Dr Clinica geral tambem disse o mesmo.
    Porem ontem passei pelo ginecologista e ele me disse q ha possibilidade do meu bebe nascer com algum tipo de problema.
    Estou desesperada…ele me pediu ultra vaginal p ver certinho de quanto tempo estou pq achou meu ultero pequeno. Estou pedindo a Deus q tenho engravidado depois da ressonancia.

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Bel,
    Respondi via e-mail.

    Abraço

  • Adriana disse:

    Boa Tarde,

    Gostaria de tirar uma duvida meu esposo fez uma cirurgia de aneurisma cerebral tem 3 meses e foi usado clips de titânio, o próprio neuro dele solicitou uma ressonância da coluna lombo sacra e fez até um laudo informando o material usado q seria o titânio e que não havia conta – indicação pra ressonância, mas nenhum lugar faz eles dizem q não pode fazer pq tem risco ao paciente….e me gera uma grande duvida pode realiza ou não o exame?

    Grata

  • Ramiro Campos disse:

    Andre ,

    Sou engenheiro de instalações e trabalho na area hospitalar , instalei recentenmente uma novissima ressonancia de 3 T e estou tendo problemas com a refrigeração da sala e do prorio equipamento que estão sendo resolvidas . Ontem um voluntario teve o cranio levemente queimado por emissão de RF . A emissao e absorção de RF tem ligação com a temperatura da sala nesse caso , se a sala estava a 24 ° propiciou essa queimadura ?
    ou esses efeitos são isolados , uma vez que a maquina quando atinge niveis de umidade e temperatura insufivientes ela desliga ? E como e colocado acima as queimaduras são ligadas ao setagem errada da maquina com relação ao peso do paciente ? Procuro na internet e nao acho relação entre as situções

    grato pela atenção

  • zu disse:

    Ola André tenho implante dentario, e uma haste no fenur preciso fazer uma ressonancia no cerebro Se não posso fazer a ressonancia teria autra maneira que desse o mesmo resuitado

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Zu,
    Procure pelo médico Radiologista do local onde pretende realizar o seu exame de RM, somente ele está apto a lhe responder com precisão.

    Abraços

  • Patrícia disse:

    Olá! Gostaria de saber a resposta para a pergunta da Bel, pois estou na mesma situação! Fiz a RM no joelho também e agora descobri que estou grávida! Não sei quais consequências isso pode ter e nem como esse exame pode afetar o feto! Provavelmente estou grávida há pouco tempo, pois o atraso foi de uma semana e faz 15 dias que realizei a RM….. Aguardo a resposta.

  • luis carlos tessariol disse:

    temos 4 ressonância magnética, 2 com a porta que abre para fora da sala e 2 que abre para dentro da sala, qual está correta?

  • Renato disse:

    Caro Andre,
    Tenho 1 chumbinho a uns 30 anos na minha coxa direita, ja fiz ressonancia magnetica do joelho, tornozelo e coluna..”sinto uns negocinhos no local durante o exame”..
    Agora tenho que fazer uma RM do quadril direito e esquerdo…”bem mais perto do chumbinho” será que não tem problema?
    Muito obrigado pela atenção.
    Grato
    Renato

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Olá Renato,
    A atração do mesmo pelo campo magnético do equipamento será maior, haja visto a sua aproximação. Recomendo que peça para falar com o médico radiologista, expondo essa situação.

    Abraços

  • Flavia disse:

    BOM DIA, GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM PROBLEMA TER FEITO RESTAURAÇÃO NO DENTE MUITO TEMPO FAZ,COM AMALGAMA DE PRATA E FAZER UMA RESSONANCIA MAGNETICA ABERTA DA COLUNA. AGUARDO SUA RESPOSTA
    OBRIGADO

  • MAISA disse:

    Boa tarde.

    Por causa de um câncer retirei o meu rim esquerdo e tenho grampos metálicos na artéria e veia renal. Gostaria de saber se posso ser submetida ao exame de ressonância magnética.No aguardo
    Grata.

  • Tatiana disse:

    Bom dia,Faço uso do DIU mais preciso realizar ressonancia da coluna lombar será que o exames pode fazer o DIU sair da posição.Obrigado.

  • Anderson disse:

    Olá André boa tarde!!!

    È seguro ter dentro da sala de ressonância magnética 1 maca construida de aço inoxidável austenitico que não possui propriedade ferromagnético, mas que tem uma permeabilidade magnética de 1,02?

    Att

    Anderson

  • Ariele disse:

    Estou para fazer um exame de ressonancia do torax, mas tenho fio dr aço que colocaram apos uma cirurgia e tambem li que esse exame nao era seguro.

  • Felizarda disse:

    Olá boa noite!
    Uso aparelho ortodontico fixo e tenho ressonância por fazer. Sei que não é aconselhável mas, a minha ressonância é pélvica afim de confirmar a existência de um tumor uterino. Nessas condições, e tenho em conta a distância (da boca a zona íntima), posso fazer?

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Felizarda, bom dia!
    Agende o seu exame normalmente, antes de entrar na sala de exames, peça para o profissional que lhe atender chamar o médico radiologista, informe essa situação à ele, pois somente ele pode ou não autorizar a realização do seu exame.

  • Maiara Jacob disse:

    Boa tarde!

    Tive um tumor maligno no cérebro,e sempre faço ressonâncias magnéticas,mas tive um outro problema na minha perna,no meu fêmur e vou ter que colocar uma prótese,não tenho certeza do material que será usado,não sei se será de ferro ou um alumínio.Então gostaria de saber se vou poder continuar fazendo ressonâncias e se puder,depois de quanto tempo posso voltar a fazer?

  • Andre Siqueira (author) disse:

    Maiara Jacob,
    Infelizmente, essa prótese possa comprometer a sua entrada na sala de Ressonância Magnética. Aconselho a pegar todas as especificações do material utilizado e, quando houver a necessidade de realizar os seus exames rotineiros de RM, procure o médico radiologista do departamento, somente ele está apto a permitir ou não a sua entrada na sala de exames.

  • Cláudia disse:

    André , tenho um implante na coluna cervical entre a c6 e C7, que eu acredito que seja de titanio. Alguns médicos me disseram que eu podia fazer a ressonância e outros não. Fiquei confusa e como estou ok um problema no ombr, mostrei a radiografia no locando exame, mostrando o implante e o técnico disse que eu podia fazer. Quando entrei no tubo de ressonância, logo após o exame começar senti um calor horrível vindo do pescoço. Aí depois me disseram que algumas pessoas sentem este calor. Será que é porque não é titanium ou é possível sentir isso com titanio? Obrigada aguardo sua resposta pois queria saber se de fato não devo fazer o exame, se pode danificar o implante
    Atenciosamente
    Maria Cláudia demetrio

  • Matheus disse:

    Fiz um exame de raio x do tornozelo e não fui informado de tirar as correntes tem algum problema? O que devo fazer

  • Maiara disse:

    Boa noite, estou muito preocupada pois por causas diferentes como formigamentos , dores na cabeça e forte dores nas pernas, já precisei realizar 2 tomografias e duas ressonâncias esse ano, de partes do corpo diferentes. Porém, da ultima vez que diz da perna a técnica de enfermagem que faz os questionamentos me garantiu que eu não precisava tirar os metais do corpo, já que a tomografia era da perna. Estou com muito medo, esses medos absolveram mais radiação para meu corpo? Posso ficar doente por já ter feitos 4 exames esse ano? Por favor me responda. Grata!

  • Michele disse:

    Prezados,

    Um médico me solicitou uma ressonância da coluna lombar, mas tenho implantes dentário, isso irá interferir no meu exame? posso fazê-lo?

    Obrigada.

  • Mariana disse:

    Olá André, boa noite.

    Tenho uma megapofise na última vertebra e um ortopedista me pediu uma ressonância lombo sacra. Quando ele estava fazendo o pedido do exame, comentou que não era muito “legal” fazer este tipo de procedimento nessa região, devido eu ser nova (tenho 21 anos) e a rm ser na região do ovário. Ele deu a entender que poderia afetar minha fertilidade um dia se quisesse ter filhos… Mas fiz a ressonância ainda meio que preocupada.

    Pois bem, agora passei por outro ortopedista, que me pediu uma ressonância da coluna inteira.

    Minhas dúvidas são: o que o primeiro ortopedista comentou procede sobre afetar o ovário?

    E, há um intervalo de tempo que eu tenha que esperar para realizar a segunda ressonância?

    Desde já, agradeço pela atenção.

    Att,

    Mariana

  • Rodrigo felicio lamantei disse:

    Olá a minha bebe fez ressonancia magnética do cranio com menos de um ano e no resultado nao deu nada graças a Deus , mas pra frente vai fazer outra sera que e preciso porque na primeira ressonancia nao deu nada no resultados

  • Georgio disse:

    OlaAndre, parabens pelo artigo…. esto ajudando uma amiga tecnica a fazer um trabalho, e gostaria de saber se vc tem mas artigos como esse, a respeito de biossegurança em rm. Agradeço

  • Gabriela disse:

    Olá, eu estou fazendo um tcc em biossegurança e gostei muito desse site, porém preciso de arquivos científicos para colocar nas referências.
    Você poderia por favor me dizer de onde tirou essas informações, ou me mandar endereços de arquivos científicos para eu poder pesquisar?
    Obrigada.

  • claus disse:

    Tenho um projetil de arma de fogo em forma de sacro desde 1999 no abdonem próxima a bexiga e tenho que fazer
    Uma ressonância magnética de abdonem superior e indicado a fazer o exame fiz ressonância para o joelho e o
    O ombro e tomografia com contraste tbm.psso fazer? Estou com hepatite crônica!

Deixe um comentário!

Coloque o seu comentário abaixo, ou link de volta a partir do seu site. Pode também subscrever estes comentários via RSS.

Seja cordial. Respeite o assunto do tópico. Não faça spam.

Pode usar estas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este blog usa Gravatares. Para obter o seu próprio avatar-globalmente-reconhecido, por favor registe-se em Gravatar.